quinta-feira, setembro 21, 2017

PETIÇÃO À ONU...


Excelentíssimo Senhor Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas, António Guterres,
Para terminar com o diferendo entre a Coreia do Norte e os EUA, tenho a honra de formular a seguinte PROPOSTA:
Que tal ser organizado, sob os auspícios da ONU, um combate de boxe entre Kim Jong-un (líder da Coreia do Norte) e Donald Trump (presidente dos EUA)?...
O vencedor seria agraciado com um belíssimo cinto de ouro de campeão internacional de boxe e seria aclamado internacionalmente...
Se o perdedor quisesse desforra, seria organizado, do mesmo modo, outro combate - e assim sucessivamente, até que os contendores perdessem os instintos bélicos...
Se os líderes da China, Rússia, Japão e Irão também quisessem dizer de sua "justiça", seriam organizados, da mesma maneira, combates internacionais de boxe, entre todos eles e com os primeiros referidos, até que todos acabassem com os ossos todos partidos e a carne amassada - mas acalmados no seu belicismo...
Todos estes líderes podem morrer, dessa maneira...
Mas salvar-se-á a Humanidade de uma guerra nuclear...
Pense nisso, senhor Secretário-Geral, António Guterres...
(Já agora, pensem todos nisso!)
Disse!
- Victor Rosa de Freitas -


domingo, setembro 03, 2017

OS ILLUMINATI, JOSÉ SÓCRATES E OS MAGISTRADOS…


Os Senhores do Mundo – também conhecidos por Illuminati – têm uma única “ideologia”: consideram-se uma “realeza” de sangue – de sangue azul, dado o nível de metal de cobre que lhes circula pelas veias – que apenas quer controlar, manipular e escravizar o resto das pessoas…
Essa “ideologia”, bem manipulada por aquela “realeza”, “formata” a generalidade das pessoas que – inconscientemente ou chantageadas – procuram atuar do mesmo modo, servindo os interesses dos Illuminati – mesmo quando se julgam “livres”…
José Sócrates, porém, é um dos poucos “rebeldes” que chegou a governante e que não é “formatado” por essa “ideologia”…
Como tal, é perseguido…
E os magistrados – igualmente “formatados” pela “ideologia Illuminati” – fazem o papel de seus algozes…
E julgam – tais magistrados – que estão a fazer um grande “bem” à sociedade…
Só quem não é “formatado” pode entender o que aqui se diz…
Disse!
- Victor Rosa de Freitas -

domingo, agosto 27, 2017

O “PROBLEMA” DE DEUS…


O louco de Nietzsche – em “Assim falava Zaratustra” - proclamou: - “Deus está morto!”
Mas a que “Deus” se referia o louco?
Ao “Deus” das “religiões”, ao “Deus” que controla os seres humanos de modo determinista, que lhes deu uma “moral” e uma “doutrina” que, violadas, os farão passar por tormentos ou, se respeitadas, lhes darão a “felicidade” eterna…
Este "Deus", de facto, sempre esteve “morto” e nunca existiu - ou tratar-se-á, pura e simplesmente, de um Extraterrestre - a não ser na cabeça dos “crentes”, que o alimentavam com a “fé”, cega e ilógica…
Mas Deus – o Verdadeiro – constata-se, quando se tem “olhos” para “ver”…
Se olharmos para o Espaço Infinito, constatamos que ele não tem princípio nem fim…
A lógica impõe a afirmação de que o que não tem princípio nem fim, nunca começou nem nunca há-de acabar…
Assim, impõe-se logicamente concluir que o Espaço Infinito é Eterno…
E o Eterno é Deus – o Verdadeiro…
Não há volta a dar…
E o Espaço Infinito – a vibração máxima de “energia” – criou princípios de vibração “inferior”, de vibração mais grosseira…
De modo descendente, começou pelo princípio espiritual, ligado ao mental, este ligado ao da vida, este ao da energia e este ao da matéria, em forma de espiral, sendo que o da matéria, estava no braço externo da espiral…
Depois, Ele, apertou todos estes princípios, que ficaram do tamanho da “cabeça de um alfinete”…
Seguiu-se o Bib-Bang – de que fala a ciência -, uma explosão a que se seguiu uma Evolução – para criar individualidades -, segundo um algoritmo divino, em que o princípio espiritual foi abrindo caminho, até se manifestar no Homem…
Quando, no Homem, o princípio “espiritual” dominar todos os outros princípios “inferiores”, o Homem será capaz de fazer o que quiser com eles…
O Homem será um “Deus”…
Será co-criador – com Deus, o Verdadeiro – de princípios inferiores ao princípio espiritual; criará novos mundos, novos Big-Bangs, novos seres, novas individualidades…
Esta é a verdadeira liberdade do Homem – a potencialidade de atuar espiritualmente, respeitado que seja o algoritmo evolutivo divino – as Leis de Deus…
Na fase atual da evolução da Humanidade, será a vez da ciência definir e encontrar essas Leis – não mais a “religião” ou a “filosofia”…
Necessário é que a ciência equacione devidamente o “problema” de Deus – e que abandone o ateísmo ou “aquele Deus” cuja morte o louco de Nietzsche anunciou…
Porque, como se vê, Deus não está “morto”!...
Está Vivíssimo e manifesta-se permanentemente no Universo, na Natureza e no Homem…
Disse!
- Victor Rosa de Freitas -

sábado, agosto 05, 2017

DEUS E O HOMEM...


Deus "é" o Espaço Infinito, que não tem princípio nem fim - e o que não tem princípio nem fim é ETERNO...
E o ETERNO criou todas as coisas, segundo um algoritmo evolutivo perfeito...
Ao Homem compete - usando da sua liberdade e dos recursos que o ETERNO lhe deu - decifrar aquele algoritmo perfeito e viver de acordo com ele...
Tal algoritmo é a VONTADE de Deus...
Decifrado, poderá o Homem viver de acordo com a Sua VONTADE...
Quando o lograr fazer - e vivendo de acordo com ela -, o Homem será um "Deus"...
Mas o Homem-"Deus" nunca se poderá confundir com o ETERNO - com o Espaço Infinito -, com o DEUS VERDADEIRO...
Lucífer é o símbolo da luz e do conhecimento...
Mas, quando chegou à fase de ser "Deus", Lucífer quis rebelar-se - e rebelou-se - contra Deus - o Verdadeiro, o ETERNO, o Espaço Infinito - e ocupar o Seu lugar, transformando-se, assim, de Lucífer em Satã...
A arrogância de Satã é um absurdo, como está bom de ver...
Sigamos Lucífer, mas não Satã!
A Verdade continua "oculta" para a generalidade das pessoas...
Há que divulgá-la!
Disse!
- Victor Rosa de Freitas –

quarta-feira, agosto 02, 2017

SILOGISMOS…


Dizia um professor de filosofia que o homem primitivo – esse mesmo, o caçador-recoletor -, quando estava na sua caverna, com o fogo aceso, a barriga cheia e a sentir-se em segurança, pensava sobre o que era o mundo, sobre a origem das coisas e o sentido da existência...
Ou seja: o homem primitivo já “filosofava” – embora a palavra “filosofia” ainda não existisse, por aquela época ser muito anterior a Pitágoras…
Pois os portugueses, em geral, por mais fogo que tenham, por mais que tenham a barriga cheia e se sintam em segurança… apenas querem ganhar mais dinheiro… e copos… mulheres… bola… petiscos… “calandrices”… e queixumes…
Aos portugueses, em geral, basta-lhes, a nível de filosofia, o credo católico, o fado… e o maldizer…
LOGO:
Os portugueses, em geral, ainda não chegaram à fase de “filosofarem”…
(Não foi só um certo holandês que chegou a esta triste conclusão)
Disse!
- Victor Rosa de Freitas -

sexta-feira, julho 07, 2017

O “PEIDO” DE EINSTEIN E O “PEIDO” DE SALVADOR SOBRAL…


Salvador Sobral ficou célebre – e muito controverso – quando afirmou, qualquer coisa como isto: - “Qualquer coisa que eu faça, vocês aplaudem; daqui a pouco dou um peido, para ver o que vocês fazem”!...
Einstein também deu o seu “peido”, que toda a gente aplaudiu – e continua, “formatadamente”, a aplaudir…

Quando escreveu a sua célebre fórmula E=mV2 – a energia é igual à massa vezes a velocidade da luz ao quadrado…
Sendo que o próprio Einstein concluiu e defendeu que, no Universo, não há velocidade superior à da luz, V2 – a velocidade da luz ao quadrado – é um verdadeiro “peido”…
Ah! Dir-me-ão os “sábios formatados”: - “V2 não se refere a velocidade da luz superior a 300.000 Kms/segundo; trata-se apenas de uma grandeza!”…
Ora, ora:
Essa “grandeza” é uma “velocidade”, a velocidade da luz ao quadrado; que não existe, segundo o mesmo Einstein…
Tal fórmula, é pois, o “peido” de Einstein – e, para passar a ser apenas um “traque”, proponho seja reformulada do seguinte modo:
E=mV+x, em que x é um qualquer número positivo, que faz “ultrapassar” a velocidade da luz, determinada por Einstein…
De igual modo, se Salvador Sobral, ao invés de dizer a palavra “peido” – muito “ofensiva” para muitos ouvidos “polidos” lusos -, tivesse usado a palavra “traque”, não haveria tanta – sequer, mesmo, nenhuma - polémica…
Esqueçamos, pois, o “peido” de Einstein e o “peido” do Sobral – substituindo-os por “traques” - e tudo andará “relativamente” melhor…
É que ambos são GENIAIS!...
E com a mesma REBELDIA!...
Disse!
- Victor Rosa de Freitas -

segunda-feira, junho 19, 2017

DITOS DE OCULTISMO...


O Universo encontra-se em expansão no Espaço Infinito, para manter "o espaço vital" para todas as criaturas e naturezas que são criadas, a todo o tempo, segundo o algoritmo do Criador Divino, e para as criaturas e naturezas que são criadas pelas criaturas que evoluíram e chegaram a "Deuses...
- Victor Rosa de Freitas -


on-line
Support independent publishing: buy this book on Lulu.