quinta-feira, dezembro 23, 2010

ESTE ANO NÃO HÁ MENSAGEM NATALÍCIA

Portugal está profundamente endividado.

Como tal e para o financiar, o capital financeiro internacional usurariamente chupa-o até ao tutano.

As contas públicas são um descalabro que ninguém (eles, entenda-se) controla.

O estado está a saque pelas associações criminosas, vulgarmente conhecidas por partidos políticos.

O presidente da república jurou a constituição, mas esta não passa de letra morta – melhor fora imprimi-la em rolos de papel higiénico para bom uso na limpeza anal de cada cidadão.

Dos tribunais não se espera o reconhecimento de direitos que se invocam e que existem na lei, mas apenas que eles façam a batota do costume para os não reconhecer.

A lei nada tem a haver com o brocardo latino dura lex sed lex, pois não passa de uma opinião, normalmente sagrada na 1ª instância, mas que, à medida que se sobe na hierarquia da justiça, vai sendo cada vez mais e apenas uma opinião relativa e rebatível por um qualquer argumentário judicial pré-legislativo (discute-se – e viola-se - a opinião da lei como se esta não tivesse ainda sido legislada).

O futuro é negro pelo que se vê e também, e fundamentalmente, porque parece não existir gente minimamente honesta, seja em que sector for.

Como falar pois, de natal, no seu verdadeiro simbolismo e fora do consumismo hedonista de uma humanidade perdida?

Este ano não há qualquer mensagem natalícia.

Pois não há receptores para tal mensagem.

Adivinham-se tempos de luta.

E luta feroz.

Essa será a mensagem da realidade sem qualquer relação e, mesmo, contra o natal.

É a triste realidade sem a luz do menino.
Mas o pêndolo do tempo tem que atingir o seu máximo na realidade obscura e negra até voltar a ter o brilho daquela luz a iluminar as gentes e os povos.
É assim!
Pois assim seja!
Disse!

3 Comments:

Blogger Camilo said...

Fekiz Natal.
camilo

8:57 da tarde  
Blogger Frater Henrique Maria,sjs said...

OLá caríssimo! Parabéns pelo blog. Mesmo com dívidas... A Luz do Menino-Deus ainda brilha sobre Portugal!!!!

6:05 da tarde  
Blogger Camilo said...

Irmão Frater...
a luz (também) vai aumentar...!

12:03 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

on-line
Support independent publishing: buy this book on Lulu.